EmmericoNunes

É com prazer que acrescentamos o Centro Cultural Emmerico Nunes de Sines no rol de parceiros e amigos do inventário de Recursos Artísticos do Alentejo.

O Centro Cultural Emmerico Nunes, fundado em 1986, adquiriu, em 1990, personalidade jurídica como Cooperativa do Ramo da Cultura e foi-lhe atribuido, em 1998, o estatuto de Pessoa Colectiva de Utilidade Pública.

A política cultural do CCEN tem-se caracterizado por uma total abertura às diferentes formas de expressão artística, locais e nacionais, que promovam o debate de ideias, o confronto com opções e estéticas diversificadas e o aprofundamento de conhecimentos e aprendizagens. Na perspectiva de formação cultural do público a instituição tem privilegiado, desde sempre, o público mais jovem, proporcionando-lhes o gosto pela arte, pela cultura em geral e o enriquecimento pessoal em formação artística.

Pouco a pouco forma-se uma rede com importância para todos os que desenvolvem projectos em artes visuais no Alentejo. Os que aqui estão e os que ainda virão!

 

This entry was posted in informação útil by pedro. Bookmark the permalink.

About pedro

Pedro Lobo estudou na School of the Museum of Fine Arts, Boston e no International Center of Photography (ICP), em Nova Iorque. Entre 1978 e 1985 foi fotografo/investigador do Centro Nacional de Referência Cultural (CNRC com Aloísio Magalhães e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) onde foi o responsável pela documentação fotográfica para os processos de inclusão na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO das cidades de Olinda, Ouro Preto, Salvador, Santuário do Bom Jesus doe Matosinhos e São Miguel das Missões. Em suas séries fotográficas,nas favelas cariocas – “Arquitetura de Sobrevivência” – nas prisões de Carandiru e Medellin – “Espaços Aprisionados” – utiliza a fotografia de arquitetura como meio de retratar a condição humana. Tem exposto regularmente seu trabalho, em individuais ou em colectivas, no Brasi, em Portugal, nos Estados Unidos, na Dinamarca, na Alemanha, na China e na Colômbia. Sua obra figura em diversas coleções públicas e particulares. Recebeu o V prêmio Marc Ferrez, as bolsas CAPES-Fulbright e a Vitae de Fotografia. Atualmente reside em Évora, Portugal, trabalhando na Europa e no Brasil.

Leave a Reply

Connect with:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Current day month ye@r *