Novas inscrições

IMG_1298

Passado um ano desde a publicação dos Recursos Artísticos do Alentejo temos tido um resultado razoável de visualizações no Facebook, mais de 500. Porém, as inscrições na base de dados do site www.artealentejo.org estão paradas.

Acreditámos que a publicação iria incentivar as inscrições de expositores, fornecedores, artistas e artesãos dispostos a colaborar com projectos artísticos no Alentejo, o que não se confirmou.

Como em qualquer base de dados ou plataforma, é imperioso que exista constante actualização, uma vez que os iniciais reflectem os resultados que obtivémos dos contactos reunidos durante a investigação, até Abril de 2014, para fins da publicação.

Pedimos desculpa aos possíveis participantes, privados ou autárquicos, que assumiram que as inscrições no projecto estariam encerradas. A informação da publicação era transparente assumindo que aquela seria uma fase inicial, contudo, a mensagem não passou claramente a informação pretendida: que a base de dados, o site e a página do Facebook continuariam disponíveis.

Apesar dos erros cometidos, temos a certeza que o projecto dos Recursos Artísticos do Alentejo, e as informações pelo mesmo disponibilizadas, são úteis e pertinentes a qualquer indivíduo ou colectivo – estrangeiro ou nacional – que venha a realizar projetos de expressão artística visual em território Alentejano.

O que queremos, com a colaboração da DRCAlentejo e do público em geral, é retomar o esforço de aumentar as inscrições e ampliar a base de dados com uma campanha no nosso site (http://www.artealentejo.org/db_signup/) e na página do Facebook (https://www.facebook.com/ArteAlentejo/?ref=hl).

Assim, reiteramos, que as inscrições e a base de dados dos Recursos Artísticos do Alentejo  continuarão abertas e disponíveis durante todo o ano de 2016.

Pedimos a colaboração de todos os interessados – dos serviços dos municípios, a fornecedores de serviços/empresas nas áreas culturais (som e luz, por exemplo) artistas, artesãos, galerias, museus, centros culturais – dispostos a colaborar com projectos artísticos no Alentejo para enviarem e/ou inscreverem quaisquer acréscimos, mudanças e correcções, através dos seguintes contactos:

– endereço electrónico http://www.artealentejo.org/db_signup/

– por correio electrónico pedro@artealentejo.org.

Contamos com a vossa participação activa.

This entry was posted in informação útil by pedro. Bookmark the permalink.

About pedro

Pedro Lobo estudou na School of the Museum of Fine Arts, Boston e no International Center of Photography (ICP), em Nova Iorque. Entre 1978 e 1985 foi fotografo/investigador do Centro Nacional de Referência Cultural (CNRC com Aloísio Magalhães e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) onde foi o responsável pela documentação fotográfica para os processos de inclusão na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO das cidades de Olinda, Ouro Preto, Salvador, Santuário do Bom Jesus doe Matosinhos e São Miguel das Missões. Em suas séries fotográficas,nas favelas cariocas – “Arquitetura de Sobrevivência” – nas prisões de Carandiru e Medellin – “Espaços Aprisionados” – utiliza a fotografia de arquitetura como meio de retratar a condição humana. Tem exposto regularmente seu trabalho, em individuais ou em colectivas, no Brasi, em Portugal, nos Estados Unidos, na Dinamarca, na Alemanha, na China e na Colômbia. Sua obra figura em diversas coleções públicas e particulares. Recebeu o V prêmio Marc Ferrez, as bolsas CAPES-Fulbright e a Vitae de Fotografia. Atualmente reside em Évora, Portugal, trabalhando na Europa e no Brasil.

Leave a Reply

Connect with:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Current day month ye@r *